domingo, 22 de agosto de 2010

Missa de cura e libertação lota matriz de Nossa Senhora de Lourdes

Ipanguaçuenses lotam a matriz de Ipanguaçu
Nesta ultima quinta-feira (19), durante todo o dia a paróquia parou para a adoração ao santíssimo, a adoração teve iniciou após o oficio de Nossa senhora de Lourdes às 7hs, onde se encerrou com a missa de cura e libertação que teve inicio as 19hs e se encerrou as 22hs, presidida pelo Pe. José Irineu com a participação do ministério de Santa Cruz.

A matriz de Nossa Senhora no município ficou lotada de fieis que cantaram, e louvaram Jesus cristo. O Santíssimo foi adorado e tocado por todos da matriz.   



quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Missa com Oração de Cura e Libertação


Missa com Oração de Cura e Libertação
           
            Nesta quinta-feira às 19h00minh acontecerá missa com oração de cura e libertação presidida pelo Pe. José Irineu da Silva.
            Durante todo o dia (19), acontecerá a Adoração ao Santíssimo no especo pastoral Pe. Valtair Lira Lucas veja a escala de grupos responsáveis pela adoração.
Escala de Adoração para o dia 19 de agosto de 2010.
·         5h30min às 7hs - Ofício Nossa Senhora
·         7hs às 8hs – Ministra Extraordinária da Comunhão Eucarística
·         8hs às 9hs – Pastoral do Batismo e Bairro Presidente Lula
·         9hs às 10hs – Infância, Adolescência e Juventude Missionária
·         10hs às 11hs – Grupo de Oração Santa Teresinha
·          11hs às 12hs – Movimento Mãe Rainha e Bairro Pinheirão
·         12hs às 13hs – Apostolado da Oração
·         13hs às 14hs – Catequista da Crisma, 1ª Eucaristia e Bairro Frei Damião
·         14hs às 15hs – Pastoral do Dizimo e Centro
·         15hs às 16hs – Coroinhas COHAB
·         16hs às 17hs – Pastoral do Canto e Bairro Ubarana
·         17hs às 18hs – Terço dos Homens e Bairro Maria Romana
·         18hs às 19hs – Pastoral da Criança e Bairro Manoel Bonifácio
·         19hs – Missa com Oração de Cura e Libertação

domingo, 15 de agosto de 2010

PAPA: MARIA É SINAL DE QUE DEUS NÃO NOS ABANDONA

Castel Gandolfo, 15 ago (RV) - O Papa presidiu, na manhã deste domingo, Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, a celebração eucarística na paróquia de Santo Tomás de Villanova, em Castel Gandolfo.


Em sua homilia, Bento XVI recordou que hoje a Igreja celebra uma das mais importantes festas do ano litúrgico dedicadas à Maria Santíssima. "No final de sua vida, Maria foi levada em corpo e alma ao céu, ou seja, à gloria da vida eterna, na plena e perfeita comunhão com Deus" – frisou o pontífice. 





Papa Bento XVI
O Santo Padre lembrou que este ano a Igreja celebra o 60° aniversário da definição solene do Dogma da Assunção de Nossa Senhora em Corpo e Alma ao Céu, proclamada pelo Papa Pio XII na Constituição ApostólicaMunificentissimus Deus, em 1° de novembro de 1950. 





A Mãe de Deus foi inserida no Mistério de Cristo e participa da Ressurreição de seu Filho. "Nós cremos que Maria, como Cristo seu Filho, venceu a morte e triunfa na gloria celeste na totalidade de seu ser, em alma e corpo" – disse o Papa. 


Quais são as raízes desta vitória sobre a morte antecipada em Maria? "As raízes estão na fé da Virgem de Nazaré, uma fé que é obediência à Palavra de Deus e abandono total à iniciativa e à ação divina. A fé é a grandeza de Maria, como proclama alegremente Isabel: Maria é bendita entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre, porque é a Mãe do Senhor, porque crê e vive de maneira única a primeira das bem-aventuranças, a bem-aventurança da fé" – frisou Bento XVI. 


O Santo Padre lembrou que nós somos chamados a olhar o que o Senhor, em seu amor, quis também para nós, para o nosso destino final: "viver através da fé na comunhão perfeita de amor com Ele e assim viver realmente para sempre".


Bento XVI frisou que com o termo céu, lembrando o Dogma da Assunção de Nossa Senhora, a Igreja recorda que Deus, o Deus que se fez homem, não nos abandona nem mesmo na morte e depois da morte, mas Ele tem um lugar para nós e nos doa a eternidade. "É o seu amor que vence a morte e nos doa a eternidade, é este amor que chamamos céu" – sublinhou o Papa.


O Santo Padre concluiu sua homilia pedindo ao Senhor para que nos ajude a compreender o quanto a nossa vida é preciosa aos olhos de Deus e que Ele "reforce a nossa fé na vida eterna, nos torne homens de esperança, que trabalhem para construir um mundo aberto a Deus, homens repletos de alegria, que sabem ver a beleza do mundo futuro no meio das dificuldades da vida cotidiana". (MJ)



Fonte: Rádio Vaticano

Festa de Santa Clara 2010

Santa Clara Assis.

A Comunidade de Canto Claro vivencia mais uma vez a Festa de sua padroeira, Santa Clara de Assis, que teve início no dia 08, com procissão saindo da comunidade de Língua de Vaca, até a Capela de Canto Claro, onde aconteceu a celebração da Palavra da 1ª noite do tríduo festivo, com a presença da comunidade de Arapuá, que animou a noite.
Nesta segunda-feira(09) foi a noite dedicada a Infância, Adolescência e Juventude Missionária, tendo conduzido a celebração o Coordenador Geral da Obra no Município, Rafael Cosme. Fez-se presente na celebração além dos moradores, representantes do Grupo de Oração Santa Teresinha, Apostolado da Divina Misericórdia, Irmandade Santa Clara e Fraternidade Santo Antonio, além da Infância Missionária, em grande número de crianças, e a 1ª dama do Município, Cristina Oliveira.
A programação segue com Missa da 1ª Eucaristia amanhã e na, quarta-feira (11), Missa e procissão do dia da Festa, com consagração do grupo de oração e batizados, sob a presidência do administrador paroquial, Pe. José Irineu. 

Capeta do Cuó é inaugurada

A comunidade do Cuó, zona rural do município de Ipanguaçu, recebeu na noite de quinta-feira(05) na igreja da Sagrada Família, área religiosa que recebe a coordenação da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes.

Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias.
Uma carreata com saída da matriz de Nossa Senhora de Lourdes com destino ao Cuó marcou o inicio da programação. A missa contou com a presença de Dom Matias Arcebispo Metropolitano, da Arquidiocese de Natal, que presidiu a santa missa junto do pároco Pe. José Irineu.

Segundo Dom Matias, a Sagrada Família é exemplo de família que deve ser seguida “As famílias mais do que nunca devem está unidas”, o arcebispo parabenizou a comunidade e todos os católicos do município.

A capela da Sagrada Família teve sua construção iniciada em 2005, mais só agora com os esforços da comunidade e do missionário Rafael Cosme ela foi inaugurada.

O Prefeito Leonardo Oliveira, que esteve presente junto da primeira dama e Secretária de Assistência Social, Cristina Oliveira, falou que é o município da mais um testemunho da fé católica com a construção de mais uma capela, e ainda parabenizou o coordenador Rafael Tavares pelo o seu grande empenho pela vida missionária e que ele é de fundamental importância da religião católica, e o Pe. Irineu pelo trabalho que vem realizando a frente da paróquia. 

Leonardo também entregou a praça publica, que foi erguida enfrente a capela da comunidade.

Estiveram presentes prestigiando a solenidade, a Vice-prefeita, Vera Lúcia, os Vereadores, Tunefs Morais, Jaires Azevedo (Gordo), Juan Montenegro, Secretário adjunto de Obras e Urbanismo, Genilo Rodrigues, Secretária de Administração, Fernanda Oliveira, Secretária de Saúde, Sumaira Fonseca entre outras autoridades.

A Festa da Sagrada Família, teve encerramento no domingo (08), com uma vasta programação religiosa e social. 

VEJA AS FOTOS:

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Necessidade 1

Links



Infância Missionária de Ipanguaçu: www.infanciadeipanguacu.blogspot.com

Arquidiocese de Natal: www.arquidiocesedenatal.org.br/

Cronograma de Missas para 2010

Fale Conosco



Endereço: Rua Nossa Senhora de Lourdes nº
Centro de Ipanguaçu/RN
CEP: 59508-000


Email: pnslipanguacu@hotmail.com
Telefone: 0**(84) 3335-2328

Capelas



Comunidade – Capela

*      Comunidade de São Miguel – Capela São Miguel
*      Comunidade de Pau de Jucá – Capela de São Francisco de Assis
*      Comunidade de Pataxó – Capela de São Pedro
*      Comunidade de Canto Claro – Capela de Santa Clara
*      Comunidade de Base Física – Capela de Nossa Senhora de Fátima
*      Comunidade de Lagoa de Pedra – Capela de Santa Catarina de Alexandria
*      Comunidade de Luzeiro – Capela do Sagrado Coração de Maria
*      Comunidade de Manoel Bonifácio – Capela Nossa Senhora das Dores
*      Comunidade de Angélica – Capela de Jesus Misericordioso
*      Comunidade de Arapuá – Capela de São José Operário
*      Comunidade de Picada – Capela de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro
*      Comunidade de Cuó – Capela Sagrada Família
*      Comunidade do Baldum – Capela de Santo Expedito
*      Comunidade de Pedrinhas – Capela de São Sebastião
*      Comunidade de Japiaçu – Capela de Santa Luzia
*      Comunidade Habitacional Presidente Lula – Capela Santa Rita de Cássia
*      Comunidade de Capivara – Capela Santa Ângela Mereci

Terço



O ROSÁRIO E O TERÇO
O Rosário é composto de 20 dezenas divididas em quatro partes distintas, cada qual contendo 5 dezenas. Em cada dezena, contempla-se um Mistério, ou seja, um acontecimento da vida de Jesus. Enquanto se medita o Mistério, reza-se uma dezena composta de 1 Pai-Nosso, 10 Ave-Marias e 1 Glória-ao-Pai e a Jaculatória. Enquanto o Terço são as rosas que oferecemos à Mãe de Deus, o Rosário é uma coroa de rosas.
O Terço é um conjunto de Ave-Marias e Pai-Nossos. São cinqüenta Ave-Marias rezadas em grupos de dez, que se chamam Mistérios. Após cada Mistério segue um Glória ao Pai e a Jaculatória.

O Terço é a terça parte do Rosário. É um conjunto de orações, de atos de amor, que fazemos meditando nos principais mistérios de nossa fé. São as rosas que, por amor, oferecemos à Mãe de Deus.

Para Rezar o Terço
• Inicia-se com o "+Pelo sinal da Santa Cruz, +livrai-nos, Deus, Nosso Senhor, +dos nossos inimigos", ou somente faz-se o Sinal da Cruz (quando em grupo é sempre bom usar cânticos: para iniciar, entre os Mistériose ao final do Terço ou Rosário);
• segurando o terço, fazemos a Oração Inicial e o Oferecimento, após segurando a Cruz do Terço reza-se o Credo;
• reza-se um Pai-Nosso, após três Ave-Marias, um Glória-ao-Pai e a Jaculatória;
• Início dos Mistérios: anúncio do Mistério, (a leitura bíblica e uma pausa de silêncio, para meditar se a pessoa assim o desejar);
• em cada Mistério, rezam-se um Pai-Nosso, 10 Ave-Marias, 1 Glória-ao-Pai e a Jaculatória;

• no Quinto e último Mistério após a Jaculatória, fazemos o Agradecimento, após reza-se uma Salve-Rainha;
• faça o Sinal da Cruz e o Terço está encerrado.

Eclarecimentos:
- O Terço tradicional possuia três Mistérios (Gozosos, Dolorosos e Gloriosos), porém em "16 de outubro de 2002, em sua Carta Apostólica "Rosarium Virginis Mariae", o Papa João Paulo II propôs novos Mistérios, que deverão ser rezados às quintas-feiras.- Anunciando os novos Mistérios, o Papa ressaltou seu caráter cristológico: contempla os mistérios da vida pública de Jesus do Batismo à Paixão.- Com este novo modo de rezar, o Papa quiz enfatizar mais ainda a idéia do "Rosário" como um compêndio do Evangelho.- Após recordar a encarnação e a vida oculta de Cristo (Mistérios Gozosos), antes de considerar os sofrimentos da Paixão (Mistérios Dolorosos) e o triunfo da Ressurreição (Mistérios Gloriosos), centramos nossa meditação em alguns momentos significativos da vida pública de Jesus (Mistérios Luminosos).
Retirado do encarte do livro "Rezemos o Terço" de Pe. José Geraldo Rodrigues.
Obs: Se tiver dificuldade, reze o terço simplificado, sem leitura bíblica e cânticos, como na figura abaixo.
m
OS MISTÉRIOS
MISTÉRIOS GOZOSOS (segunda-feira e sábado)
1. Anunciação do Anjo Gabriel a Maria;
2. Visita de Maria à sua prima Isabel;
3. Nascimento de Jesus em Belém;
4. Apresentação de Jesus no Templo e Purificação de Maria;
5. Encontro de Jesus no templo entre os doutores da Lei.

MISTÉRIOS LUMINOSOS (quinta-feira)
1. Batismo de Jesus no rio Jordão;
2. Auto-revelação de Jesus nas Bodas de Caná;
3. Jesus anuncia o Reino de Deus, com o convite à conversão;
4. Transfiguração de Jesus;
5. Instituição da Eucaristia;

MISTÉRIOS DOLOROSOS (terça e sexta-feira)
1. Agonia de Jesus no Horto das Oliveiras;
2. Flagelação de Jesus;
3. Jesus é coroado de espinhos;
4. Jesus carregando a Cruz (Subida dolorosa ao Calvário);
5. A Crucificação de Jesus.

MISTÉRIOS GLORIOSOS (quarta-feira e domingo)
1. A Ressurreição de Jesus;
2. Ascensão de Jesus nos Céus;
3. A descida do Espírito Santo sobre os apóstolos (Pentencostes);
4. A Assunção de Maria aos Céus;
5. Coroação de Maria, como Rainha dos Céus.


Orações do Terço
Sinal da Cruz: é uma profissão de fé no mistério da Santíssima Trindade: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
Creio em Deus Pai (Credo): contém as principais verdades de nossa fé.
"Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na santa Igreja católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
"
Pai Nosso: a mais perfeita oração, a oração dos filhos de Deus, ensinada por Jesus.
"Pai Nosso que estais no Céu, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no Céu; o pão nosso de cada dia dai-nos hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
"
Ave-Maria: é a mensagem de saudação do Arcanjo Gabriel e de Santa Isabel à Virgem Maria. Contém também uma petição acrescentada pela Igreja.
Ave Maria,
cheia de graça,
o Senhor é convosco,
bendita sois vós entre as mulheres
e bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus.

Santa Maria,
Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores,
agora e na hora de nossa morte.

Amém.
Glória ao Pai: um hino de louvor à Santíssima Trindade, com o qual normalmente encerramos nossas orações.
"Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre e por todos os séculos dos séculos. Amém
"
Jaculatória:
"O meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente aqueles que mais precisarem".
Oração Preparatória ou Inicial:
"Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado. e renovareis a face da terra."Oremos"Deus, que instruistes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamento todas as coisas segundo o mesmo espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhos nosso. Amém"
Oferecimento
"
Divino Jesus, eu vos ofereço este Terço que vou rezar contemplando os mistérios de nossa Redenção. Concedei-me, pela intercessão de Maria, Vossa Mãe Santíssima, a quem me dirijo, as vritudes que me são necessárias para bem rezá-lo e a graça de ganhar as indulgências anexas a esta devoção. Ofereço-vos particularmente este Terço, pelo aumento e santificação das vocações. Ò Maria, Rainha do Clero, rogai por nós; obtendo-nos numerosos e santos sacerdotes."
Agradecimento:
“Infinitas graças Vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que recebemos todos os dias de vossas mãos liberais. Dignai-Vos agora e para sempre, tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo, e para mais Vos obrigar ( ou se desejar pode dizer: e para melhor expressarmos o nosso agradecimento), Vos saudamos com uma Salve, Rainha."
Salve, Rainha: um hino de louvor à Mãe de Deus e nossa.
"Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre. Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
Rogai por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém."
Credo Espiritualista: Para todos aqueles que tem dificuldades em aceitar o credo católico. Não deixemos de prestar a nossa homenagem à Maria de Nazaré.
"Creio em Deus-Pai, Todo Poderoso, Onipresente, Criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis.
Creio em Jesus Cristo - Nosso Senhor, - Filho Primogênito de Deus, Luz da Luz, Senhor Eleito do Senhor Supremo, e Verdadeiro Deus; gerado, mas não feito para o pecado ou fins ilícitos, agora em consubstancial perfeição espiritual no seio do Pai e supremo criador de todas as coisas, o qual, por amor de nós e para nossa Salvação, desceu entre nós e encarnou-se por Decreto Divino, em Maria Santíssima e tornou-se Homem!
Foi, também, pelos homens, crucificado, sob o poder de Pôncio Pilatos; padeceu injúrias e foi sepultado; ressuscitou, no terceiro dia, segundo as antigas escrituras originais. Subiu ao Céu, está assentado à Direita do Pai, de onde há de vir, um dia, julgar os vivos e os chamados "Mortos", e o seu reino não terá fim.
Creio na Igreja Universal de Cristo, una, santa, cordial, evangélica, pura, humilde, apostólica e modelo de fé, semeando Amor e Caridade com exemplos decididos de renúncia, altruísmo e abnegação, acima de sectarismo belicoso e de todos os conflitos religiosos do mundo!
Creio no Batismo Espiritual, como caminho que desperta o arrependimento e como a ajuda para a penitência dos erros e culpas, para alcançar por fim, a remissão dos pecados do Espírito sobre o corpo.
Espero a ressurreição espiritual dos chamados "Mortos" em outras vidas de aperfeiçoamento e a imortalidade da vida, através dos renascimentos sucessivos, nos séculos futuros.
Amém."
Pai Nosso Espiritualista
"Pai Nosso, que estais no Infinito das alturas, dos mundos, dos sóis e dos céus;
Santificado seja vosso nome, aqui na Terra e em todo Universo;
Venha a nós o vosso Reino de Amor e Sabedoria;
Seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no Absoluto do Eterno e do Imutável;
O pão nosso de cada dia, dai-nos hoje e sempre, tanto para o Espírito, como para o sustento do corpo;
Perdoai as nossas culpas, paixões e maldades, assim como devemos perdoar e amar a todos os nossos devedores em ofensas e crimes, segundo vossas Leis de Amor Universal;
E não nos deixeis cair em tentação do erro e do pecado - tanto da mente como do corpo; quer exterior quer interior;
E, livrai-nos de todo mal, tanto tangível como intangível.
Assim Seja!
Livrai-nos Senhor, nós vo-lo pedimos na mais profunda e secreta súplica, a nós, que somos vossos servos humildes, de todos os males e assaltos negativos, passados, presentes e futuros, tanto da alma como do corpo;
Dai-nos pela vossa Suprema Bondade, a paz e a saúde e sede-nos propício, a fim de que possamos elevar-nos até a vossa presença, iluminados e redimidos, pelo nosso passado e pelo nosso presente, pela intercessão da Bem Aventurada e piedosa Mãe Maria Santíssima, do Precursor São João Batista, de Jesus Vosso Filho e nosso Senhor, e dos Apóstolos São Pedro, São Thiago Maior, São Paulo, Santo André, São Thiago Menor, São João Evangelista e de todos os Santos, Discípulos, profetas e Mártires, imolados em todos os tempos pela glória de vossa causa divina e eterna.
Amém."

Paróquia

[Em breve toda a história da Paróquia]



MILHARES DE PESSOAS ESTIVERAM PRESENTES NA CERIMÔNIA QUE OFICIALIZOU A ELEVAÇÃO À PARÓQUIA E O NOVO ADMINISTRADOR PARÓQUIAL


Nesta noite de segunda-feira (19), a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes completou 9 anos de sua queda, em 19 de abril de 2001 a igreja da virgem de Lourdes vinha ao chão. Mais nesta data a partir de hoje não deverá ser lembrada como um dia de sua queda, mais sim, de sua elevação a Paróquia. 
Nesta última noite de segunda-feira, milhares de fieis de todas as partes do RN participaram da cerimônia que oficializou a Igreja católica de Ipanguaçu em Paróquia. No início das comemorações foi recepcionado pela a população o Pe. Irineu, onde foi formado um corredor humano no centro da cidade, ao som da Banda Marcial do Alto do Rodrigues, o Pe. José Irineu chegou acompanhado do excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de Ipanguaçu, Leonardo da Silva Oliveira junto de sua esposa e Primeira dama do município, Cristina Oliveira. Ao chegar à Igreja o Padre foi recepcionado pelo Sr. Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias Patrício de Macedo ao som do Coral Sacramento. Ao falar ainda do lado de fora da Igreja o Prefeito Leonardo agradeceu a presença do arcebispo Dom Matias e deu as boas vindas ao novo padre. 
Já no inicio da cerimônia oficial no interior da matriz o Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias conduziu a missa solene que oficializou a Paróquia, cerca de vinte e oito padres participaram da celebração. Ao falar o bispo pediu que o povo fizesse da Paróquia a casa e escola das missões. Já próximo ao final Genilo Rodrigues representante da comunidade católica falou sobre a importância e que há décadas que a comunidade ansiava por essa conquista, Genilo falou também da importância dos Padres e leigos que passaram pela comunidade deixando sua contribuição missionária. 
Ao concluir o Prefeito Leonardo Oliveira ao lado da primeira dama Cristina Oliveira, fez o encerramento, agradecendo ao Bispo, Padres e pela comunidade que estiveram presentes na celebração, e agradeceu também pelo esforço de cada padre que deixou o trabalho na comunidade, e que a comunidade católico de Ipanguaçu recebe de braços abertos o novo administrador paroquial, PE. Irineu.    
Após as palavras do prefeito foi dada a benção final e descerrada a placa da Paróquia, pelo Arcebispo Dom Matias junto do Prefeito Leonardo Oliveira e o PE. José Irineu. 


Veja as fotos:

História de Nossa Senhora de Lourdes


Em 11 de fevereiro de 1858, na vila francesa de Lourdes, às margens do rio Gave, Nossa Mãe, Santa Maria manifestou de maneira direta e próxima seu profundo amor para conosco, aparecendo-se a uma menina de 14 anos, chamada Bernadete (Bernardita) Soubirous.



A história da aparição começa quando Bernadete, que nasceu em 7 de janeiro de 1844, saiu, junto com duas amigas, em busca de lenha na Pedra de Masabielle. Para isso, tinha que atravessar um pequeno rio, mas como Bernadete sofria de asma, não podia entrar na água fria, e as águas daquele riacho estavam muitas geladas. Por isso ela ficou de um lado do rio, enquanto as duas companheiras iam buscar a lenha.


Foi nesse momento, que Bernadete experimenta o encontro com Nossa Mãe, experiência que marcaria sua vida, “senti um forte vento que me obrigou a levantar a cabeça. Voltei a olhar e vi que os ramos de espinhos que rodeavam a gruta da pedra de Masabielle estavam se mexendo. Nesse momento apareceu na gruta uma belíssima Senhora, tão formosa, que ao vê-la uma vez, dá vontade de morrer, tal o desejo de voltar a vê-la”.


“Ela vinha toda vestida de branco, com um cinto azul, um rosário entre seus dedos e uma rosa dourada em cada pé. Saudou-me inclinando a cabeça. Eu, achando que estava sonhando, esfreguei os olhos; mas levantando a vista vi novamente a bela Senhora que me sorria e me pedia que me aproximasse. Ms eu não me atrevia. Não que tivesse medo, porque quando alguém tem medo foge, e eu teria ficado alí olhando-a toda a vida. Então tive a idéia de rezar e tirei o rosário. Ajoelhei-me. Vi que a Senhora se persignava ao mesmo tempo em que eu. Enquanto ia passando as contas ela escutava as Ave-marias sem dizer nada, mas passando também por suas mãos as contas do rosário. E quando eu dizia o Glória ao Pai, Ela o dizia também, inclinando um pouco a cabeça. Terminando o rosário, sorriu para mim outra vez e retrocedendo para as sombras da grupa, desapareceu”.


Em poucos dias, a Virgem volta a aparecer a Bernadete na mesma gruta. Entretanto, quando sua mãe soube disso não gostou, porque pensava que sua filha estava inventando histórias –embora a verdade é que Bernadete não dizia mentiras–, ao mesmo tempo alguns pensavam que se tratava de uma alma do purgatório, e Bernadete ficou proibida de voltar à gruta Masabielle.


Apesar da proibição, muitos amigos de Bernadete pediam que voltasse à gruta; com isso, sua mãe disse que se consultasse com seu pai. O senhor Soubiruos, depois de pensar e duvidar, permitiu que ela voltassem em 18 de fevereiro.


Desta vez, Bernadete foi acompanha por várias pessoas, que com terços e água benta esperavam esclarecer e confirmar o narrado. Ao chegar todos os presentes começaram a rezar o rosário; é neste momento que Nossa Mãe aparece pela terceira vez. Bernadete narra assim a aparição: “Quando estávamos rezando o terceiro mistério, a mesma Senhora vestida de branco fez-se presente como na vez anterior. Eu exclamei: ‘Aí está’. Mas os demais não a via. Então uma vizinha me deu água benta e eu lancei algumas gotas na visão. A Senhora sorriu e fez o sinal da cruz. Disse-lhe: ‘Se vieres da parte de Deus, aproxima-te’. Ela deu um passo adiante”.


Em seguida, a Virgem disse a Bernadete: “Venha aqui durante quinze dias seguidos”. A menina prometeu que sim e a Senhora expressou-lhe “Eu te prometo que serás muito feliz, não neste mundo, mas no outro”.
Depois deste intenso momento que cobriu a todos os presentes, a notícia das aparições correu por todo o povoado, e muitos iam à gruta crendo no ocorrido embora outros zombassem disso.


Entre os dias 11 de fevereiro e 16 de julho de 1858 houve 18 aparições. Estas se caracterizaram pela sobriedade das palavras da Virgem, e pela aparição de uma fonte de água que brotou inesperadamente junto ao lugar das aparições e que deste então é um lugar de referência de inúmeros milagres constatados por homens de ciência.

Saiba +

HistóriaNossa Mãe, manifesta de maneira direta e próxima seu profundo amor para conosco.ApariçõesConheça a história das aparições de Nossa Senhora de Lourdes.
Mensagens
Mensagem que a Santíssima Virgem deu em Lourdes, resume-se em alguns pontos.
MilagresConheça a história dos dois primeiros milagres de Nossa Senhora.
Santa BernadeteSanta Marie Bernard -Bernadete- Soubirous naceu em 7 de janeiro, de 1844, em Lourdes, França.A Igreja e as apariçõesUm pequeno resumo da manifestação da Igreja sobre as aparições.



Fonte:

 ACDI Digital